Câmara decreta três dias de luto oficial pela morte da vereadora Wilma de Faria

O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Raniere Barbosa (PDT), decretou hoje (16) luto oficial de três dias no legislativo natalense pela morte da vereadora e ex-governadora, Wilma de Faria, que faleceu na noite de ontem, aos 72 anos, vítima de uma neoplasia no duodeno.

“A guerreira Wilma nos deixa um legado de obstinação e de conquista, inclusive, para a mulher na política. Assumiu na Câmara o mandato de vereadora neste ano e foi decisiva no nosso planejamento de gestão para um protocolo de intenções em renovar e resgatar a imagem da Câmara e temos maior orgulho do apoio dela. O Rio Grande do Norte e Natal, especialmente, estão de luto por sua partida”, disse Raniere.

Wilma de Faria iniciou sua carreira política como secretária de Trabalho e Bem-Estar Social do RN em 1983, sendo eleita três anos depois deputada federal. Conquistou seu primeiro mandato como prefeita de Natal em 1988, feito que repetiu em 1996 e 2000. Em 2002 foi eleita governadora do Rio Grande do Norte e reeleita para o cargo em 2006. Em 2012 tornou-se vice-prefeita de Natal e no ano passado, elegeu-se vereadora.

Seu velório está ocorrendo na Catedral Metropolitana de Natal, onde ocorrerá, às 17h30min, uma missa de corpo presente e, a partir das 19h, um cortejo fúnebre segue para seu sepultamento que ocorrerá no Cemitério Parque Morada da Paz em Emaús, Parnamirim.

Deixe um comentário

você pode gostar também Mais do autor