Defesa Civil de Natal se mantém em alerta monitorando áreas de risco e atender ocorrências

Equipes da Defesa Civil de Natal estão em alerta por conta das previsões de chuvas apontadas pelos órgãos de meteorologia. A orientação da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) é de reforçar a atenção para as áreas consideradas mais propensas a casos de emergência ocasionados por um volume maior de chuvas, como também buscar monitorar as lagoas de captação de águas pluviais da capital, verificando o nível de água e o funcionamento dos equipamentos de vazão.

 

O titular da Semdes, João Paulo Mendes, informou que até o momento não foi registrada nenhuma ocorrência que colocasse em perigo vidas humanas, porém pontos de alagamento em vias de circulação de veículos foram notificados ao longo do dia. O secretário relatou que apenas um registro de água invadindo residência foi contabilizado, sendo na Rua José Fabrício de Oliveira, no bairro de Candelária, zona Sul de Natal. “Pelo que foi informado para as equipes, a inundação ocorreu devido uma obra da Caern que se encontra em fase de conclusão e afetou pelo menos uma residência”, explicou.
No meio da tarde desta quinta-feira outra ocorrência foi verificada com a abertura de uma cratera na Rua Nelson Geraldo Freire, no bairro de Lagoa Nova. Agentes da Defesa Civil Municipal foram deslocados para o local no sentido de tomar as primeiras providências, efetivando o isolamento da área e contactando o órgão público responsável pelo reparo.
Ainda na manhã de hoje, a Defesa Civil de Natal recebeu uma ligação oficial do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) do Governo Federal. O contato foi para alertar sobre a forte possibilidade de enxurrada prevista para cair em Natal nos próximos dias. “Estamos cientes e monitorando as informações repassadas pelo Cenad e pelo Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais). Se for preciso ampliaremos o número de agentes de defesa civil convocado o pessoal de folga”, informou o secretário João Paulo.
Para solicitar a intervenção da Defesa Civil Municipal o cidadão pode ligar para o número 190, do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), onde há agentes para direcionar a ocorrência para as equipes de plantão. A Defesa Civil atua com foco em ações preventivas, de socorro e de assistência em casos de desastres naturais com intuito de evitar ou minimizar danos à população. Qualquer situação nesse sentido a população pode acionar a Defesa Civil.

Deixe um comentário

você pode gostar também Mais do autor