ISD inicia operação no Campus do Cérebro, em Macaíba

Instituto Santos Dumont (ISD) inaugura sua nova casa! No dia 26 de março teve início a transferência das instalações do Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS) e da Sede Administrativa do ISD para o Campus do Cérebro, localizado em Macaíba (RN).

Inicialmente, cerca de 100 pessoas frequentarão a nova infraestrutura, entre pesquisadores, alunos de pós-graduação, graduação, iniciação científica, ensino médio e profissionais do setor administrativo. O prédio do Centro de Pesquisa, com quatro pavimentos e 15.000 m2 de área construída, será ocupado em etapas nessa primeira fase de operação. Serão implantados, primeiramente, os laboratórios de eletrofisiologia, neuroreabilitação, neurobiologia, neuroengenharia, neuroprostética, neurociência computacional, interface homem-máquina, microscopia convencional, microscopia confocal, neurocirurgia, dentre outros espaços.

Para o diretor de Ensino e Pesquisa do ISD, Reginaldo Freitas Júnior, “a nova casa permitirá um salto qualitativo de infraestrutura, ampliando o potencial científico do Instituto e sua capacidade de interação com outras instituições de ensino e pesquisa, na direção do fortalecimento da ciência brasileira e da missão abraçada pelo ISD”.

Transferência da Sede Administrativa do ISD de São Paulo para Macaíba

O Campus do Cérebro também passou a abrigar nesse mês de março a Sede Administrativa do ISD, anteriormente localizada na cidade de São Paulo. Com essa mudança, todas as unidades do Instituto Santos Dumont se concentram agora em Macaíba, município do estado do Rio Grande do Norte localizado a cerca de 20 quilômetros de Natal. Além da Sede e do IIN-ELS, o Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (CEPS) também possui instalações em Macaíba. Essa proximidade entre unidades amplia ainda mais a integração entre as ações de ensino, pesquisa e extensão do ISD nas áreas de educação e pesquisa em neurociências, neuroengenharia, saúde materno-infantil e reabilitação.

O início da operação do Campus do Cérebro coincide com o começo do segundo ciclo do Contrato de Gestão com o Ministério da Educação (MEC), momento em que a equipe do ISD se vê diante de novos desafios, metas e indicadores de impacto. “Estamos concretizando um sonho coletivo, iniciado em 2007 e que foi agregando um número crescente de pessoas que hoje se alegram em vê-lo realidade. Há muita dedicação e amor ao trabalho nessa obra, que é a nossa fortaleza”, comenta Freitas Júnior.

 

Deixe um comentário

você pode gostar também Mais do autor