Rússia mata pelo menos 70 membros do Estado Islâmico na Síria

Pelo menos 70 membros do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) morreram no bombardeio feito ontem pela aviação da Rússia perto da cidade síria de Deir al Zor, informou hoje (21) o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Assegurou que o ataque destruiu uma coluna composta por cerca de 20 veículos que levavam combatentes que se deslocavam entre diferentes frentes de batalha.

Anteriormente, o Ministério de Defesa da Rússia assegurou que, no bombardeio, cuja data não detalhou, matou 200 jihadistas e destruiu “mais de 20 veículos equipados com metralhadoras pesadas e blindados, incluindo carros de combate”.

A aviação russa, que apoia as forças leais ao presidente sírio Bachar al Assad, bombardeou o Estado Islâmico várias vezes na província de Deir al Zor, um dos principais redutos terroristas no nordeste do país.

 

Foto: Sempre Guerra – blogger

Deixe um comentário

você pode gostar também Mais do autor