É nesta quinta! Guga Playboy grava primeiro DVD da carreira

Com 16 anos de história, o cantor Guga Playboy grava, nesta quinta-feira (26), o DVD “Uma História a Ser Contada”, o primeiro da carreira. Dividirão o palco com Guga artistas convidados como Raí Saia Rodada, Fernandes Bonde do Brasil, Tetê Pessoa e os vocalistas da banda Cavaleiros do Forró. A gravação está marcada para começar às 18h, na Compal, BR-304, em Macaiba. O evento será para convidados.

A temática do projeto terá como referência grandes festivais internacionais, com cenário, estrutura e iluminação de cinema! Os convidados vivenciarão uma experiência única e cheia de emoção. O evento será exclusivo, com a participação de grandes amigos e convidados.

Após o enorme sucesso do clipe “Me Ame ou Me Deixe”, que repercutiu nacionalmente e alcançou mais de 300 mil visualizações só no YouTube, o cantor Guga Playboy está pronto para o novo projeto que será um divisor de águas da sua carreira, a gravação do seu primeiro DVD com um resgate de sua toda a sua história e perspectivas de construção do futuro.

“Estou num momento em que me encontrei na música. Onde definitivamente sei que caminho seguir. Sei qual estrada trilhar. É isso que eu quero e eu vou lá e vou fazer. Tenho grandes amigos e parceiros ao meu lado e com muita fé em Deus e confiança chegaremos lá. Será uma grande festa. Quero todos os meus amigos lá, meus parceiros e todas as pessoas que me ajudaram durante minha carreira”, comemora Guga.

A produção do DVD será de Ricardo Lago junto dos empresários Marquinhos Carrera, Rodrigo Machado, Ravi Brito, Alex Padang e equipes de produção parceiras como Ajax Sonorização.

Mais sobre Guga Playboy:
Desde os nove anos de idade, quando seu pai, ‘Seu’ Geraldo, o presenteou com um violão, Guga já tinha ideia do que queria para a vida: Cantar. Foi na infância em Santa Cruz, interior do estado do Rio Grande do Norte, que ele desenvolveu suas habilidades e passou a correr atrás do sonho de tornar-se um artista de sucesso.

“Foi sofrido. Comecei tocando em calçadas de cidades, em festas de amigos. Cheguei a viajar para o Rio de Janeiro. Me apresentava nas calçadas de lá. Com o dinheiro que juntei, comprei meu primeiro teclado, foi minha primeira realização como artista”. De lá pra cá, muita coisa mudou. Muito evoluiu. Foram muitos altos e baixos”, conta.

Sucessos como “Meu Pai Não Entende”, “Ei Véi”, “Festa Americana” e “Pra Lavar Meu Pé” o consagraram como o “Poeta dos Paredões”. Suas músicas passaram a ser tocadas nos famosos “Paredões”, os sons automotivos que são vistos em todos os locais na maior parte das cidades do RN. Foi o gatilho para a determinação do sucesso.

Deixe um comentário

você pode gostar também Mais do autor