Reabertura de igrejas e templos religiosos em Parnamirim é discutida em audiência virtual da Câmara

- publicidade -

Na manhã desta quinta-feira (23), a Câmara Municipal de Parnamirim realizou uma audiência pública virtual com representantes religiosos para debater a reabertura de igrejas e templos religiosos na cidade. A mediação ficou a cargo da propositora, vereadora Professora Nilda e também contou com a participação da vereadora Ana Michele, presidente da Comissão de Acompanhamento e enfrentamento à Covid-19.

A Audiência Pública foi transmitida pela página oficial da Câmara Municipal de Parnamirim no Facebook, contou com perguntas da população que acompanhou a transmissão e abordou a avaliação das restrições feitas às igrejas e templos religiosos, o papel desses locais, a programação para reabertura e o cuidado à saúde física e mental de seus frequentadores.

Por sistema de videoconferênca, todos os representantes presentes destacaram o papel de seus estabelecimentos religiosos para a população, e que são favoráveis a reabertura. O Pastor Carlos Kleber acredita que “a igreja presta um serviço essencial para a sociedade”.

Já o representante da Igreja Católica, o Diácono Márcio ressaltou cautela e levantou questões como a igreja deixar de ser um local de acolhimento e com as limitações possa se tornar um local de escolha, tendo que decidir quem entra ou não na igreja. “É preciso se reinventar diante da adversidade, esse é o nosso maior desafio. Abrir de forma ampla é arriscado, é preciso valorizar a vida como um todo.  Acho que a igreja é preciso, mas não necessário! Sou a favor da reabertura, mas não de forma maciça”, disse o Diácono Márcio.

Para a Comissão de Acompanhamento e Enfrentamento à Covid-19, através da sua presidente, vereadora Ana Michele, cautela e responsabilidade são primordiais nesse momento. “É necessário esse diálogo, mas é preciso ter precaução, seguir todos os cuidados, a doença não desapareceu.  Se há uma flexibilização, é preciso que seja feita de forma cronológica, de maneira organizada”, pontuou a vereadora.

Professora Nilda agradeceu a participação de todos e citou a importância da religião na vida de milhares de Parnamirinenses e sobre o debate durante a audiência. “É nossa obrigação ouvir todas as questões da sociedade, temos ciência de que todos os líderes religiosos, estão empenhados em seguir as orientações e que as medidas são extremamente necessárias. Agora vamos reunir tudo que foi debatido nesta audiência e levaremos ao poder executivo.”, concluiu a propositora da Audiência Pública.

Participaram da audiência os seguintes representantes religiosos:

Pr. Carlos Kleber (ADPAN)

Apóstolo Jonas Fernando (Igreja MIB)

Pr. Henry (Ministério Atos de Deus)

Pr. Laedson(Igreja de Cristo)

Pr. Gleidson (Igreja MIB – Passagem de Areia)

Diácono Márcio(Paróquia de Parnamirim)

Pr. Maurício Adrão(ADPAN) 

Deixe um comentário