Governo do RN investe R$ 32 milhões em obras de saneamento

- publicidade -

O Governo do Rio Grande do Norte irá ampliar as obras de saneamento básico no estado. O tema foi discutido nesta quarta-feira (16) entre a governadora Fátima Bezerra e o presidente da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), Roberto Sérgio Linhares, durante avaliação do Relatório da Gestão – Investimentos e Destinação do Resultado Contábil. O documento contém o detalhamento dos ganhos tributários e a valorização de mercado da Companhia em 2021.

Pelo terceiro ano consecutivo, a Caern obteve saldo positivo com resultado abrangente de R$ 98,8 milhões. Em três anos, a Companhia acumulou em resultados líquidos mais de R$ 110 milhões e de resultado global quase R$ 200 milhões.

Atualmente, a Caern tem um lucro líquido de R$ 58 milhões. Desse total, R$ 32 milhões serão repassados ao Governo do Estado para investimentos em saneamento que serão aplicados da seguinte forma: R$ 8,9 para as obras de Macaíba e São José de Mipibu; quase R$ 9 milhões em contrapartidas para demais obras; pagamento de mais de R$ 1,5 milhão referente ao benefício de isenção da tarifa de água concedidos a bares e restaurantes durante a pandemia; e R$ 12 milhões revertidos para novas obras que serão definidas a partir de reuniões técnicas. O relatório ainda destacou que, somente em 2021, a empresa investiu mais de R$ 46 milhões em obras com recursos próprios.

Outro ponto de destaque foi a elevação do patrimônio da empresa nos últimos três anos. Hoje, a Caern vale mais de R$ 3 bilhões, enquanto que, em 2018, seu valor de mercado era de R$ 1,5 bilhão.

A governadora destacou que o crescimento da Caern ocorreu diante da maior crise sanitária do mundo. “Mesmo durante quase dois anos de pandemia e sem reajustes da tarifa da água, a Caern conseguiu não só elevar seus lucros, mas, se fortalecer. Isso demonstra compromisso e trabalho em função da qualidade do serviço”, afirmou.

Também participaram da reunião, o secretário de Estado do Planejamento e das Finanças, Aldemir Freire, e a secretária adjunta do Gabinete Civil, Socorro Batista.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode sair do site, caso não concorde. Ok Saiba mais