Governo economiza mais de R$ 9 milhões com combustível em dois anos

- publicidade -

Otimizar o consumo de combustível por parte dos veículos da frota do Governo do Rio Grande do Norte é uma das ações que a atual Administração Estadual vem priorizando. Tanto que, nos dois primeiros anos da gestão da governadora Fátima Bezerra, o Executivo registrou uma economia real de 2.393.541,93 milhões de litros de gasolina e óleo diesel, em relação aos anos de 2017 e 2018.

Essa redução representa uma economia estimada em R$ 9.393.031,84 milhões aos cofres estaduais, considerando um valor médio ponderado no preço dos combustíveis nos últimos quatro anos. Com relação ao volume, o Governo consumiu 17.283.969,31 litros nos dois anos finais da gestão anterior, para 14.890.427,38 litros somando 2019 e 2020. Os dados são da Secretaria de Estado da Administração (Sead), que faz o gerenciamento compartilhado da frota com a Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed).

De acordo com a Coordenadoria de Patrimônio (Copat) da Sead, responsável pela compra e gerência administrativa dos combustíveis, a maior economia foi registrada no posto interno, que abastece praticamente toda a frota que atende a Região Metropolitana de Natal. O consumo de combustível no local caiu cerca de 27%, passando de 7.987.427 de litros gastos entre 2017 e 2018 para 5.880 milhões de litros nos dois últimos anos.

Visto como um ano atípico, 2020 foi marcado pela pandemia do novo coronavírus, que implicou em momentos de quarentena e teletrabalho por parte de boa parte do funcionalismo público. Apesar disso, a redução com gasto de combustível é resultado da intensificação no trabalho de controle e fiscalização, resultante dos procedimentos adotados após a publicação do Decreto nº 28.700, de 24 de janeiro de 2019, que dispõe sobre o cadastramento da frota veicular do Poder Executivo do Estado do Rio Grande do Norte e estabelece a gestão compartilhada da fiscalização e do controle do uso de veículos oficiais.

Mais postos credenciados para abastecimento

A ampliação da rede de postos credenciados para abastecimento dos veículos a serviço do Governo do Estado também contribui para a economia financeira e produtividade operacional. Isso porque a iniciativa implica em diminuir o deslocamento das viaturas até postos de abastecimento situados em regiões distantes e, consequentemente, em reduzir o tempo de serviço e consumo do próprio combustível apenas nesse trajeto.

Até o final de 2018, o RN contava com apenas 12 postos credenciados para abastecimento da frota estadual. Na atual Administração, o Executivo ampliou a rede, visando cobrir todas as regiões do território norte-rio-grandense. Hoje, já são 27 postos aptos a abastecer os veículos do Governo do Estado.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode sair do site, caso não concorde. Ok Saiba mais