Museu Câmara Cascudo começa ciclo de visitas virtuais

- publicidade -

Chegou a hora de matar a saudade do Museu Câmara Cascudo (MCC), pelo menos pela internet. Nesta quinta-feira, a unidade da UFRN inicia um ciclo de visitas virtuais às exposições em cartaz. O primeiro passeio será mediado por bolsistas da instituição – que estavam ansiosos por receber os visitantes – pela coleção de Anatomia Comparada e será transmitido pelo instagram @mccufrn, na quinta-feira (10), às 16 horas.

A participação é livre e a expectativa é de receber público de todas as idades.  No dia 21, às 15h, um bate-papo sobre evolução das espécies complementa o conteúdo do passeio. A conversa é com o biólogo Sérgio Queiroz Lima, professor do Departamento de Botânica e Zoologia da UFRN. Depois das transmissões, a gravação fica disponível para ser vista a qualquer momento.  A exposição de Anatomia Comparada do Museu Câmara Cascudo reúne esqueletos completos e crânios de diversas espécies de mamíferos, incluindo de um elefante e de uma baleia.

A proposta da coleção é mostrar que, apesar de os seres humanos serem uma espécie muito recente, ainda guardam semelhanças comuns com espécies ancestrais que viveram há milhões de anos. Em tempos de portas abertas, essa é a área mais visitada do edifício e atrai pessoas de todas as idades.  No novo portal do MCC na internet é possível sentir um pouco dessa e de outras exposições que estavam em cartaz antes da implantação das medidas de isolamento social no mês de março. Também é possível conhecer e participar da campnaha de financiamento coletivo “José Costa Leite para sempre”, que pretende arrecadar 121 mil reais até o dia 20 de dezembro para adquirir as matrizes de xilogravuras do artista paraibano.  

Fonte: Iano Flávio Maia/ Agecom UFRN

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode sair do site, caso não concorde. Ok Saiba mais