Angélica revela ter passado por violência sexual: ‘Você fica sem reação’

- publicidade -

Angélica contou em uma recente entrevista que foi vítima de violência sexual quando era adolescente. A apresentadora conversou com Luciana Temer para o canal no YouTube Mina Bem Estar. As duas conversavam sobre o tema e sobre pedofilia, quando ela decidiu contar a sua história. As informações são do Isto É Gente.

“Como a maioria das mulheres, eu também vou contar uma história. Sofri uma violência sexual. Estava fazendo fotos, lançando o Vou de Taxi, tinha quinze ou dezesseis anos. Estava em Paris, ia participar de um festival, lá. Estava na rua. Vieram franceses perguntar quem eu era. ‘Brasileira?’. O fotógrafo falou: ‘Fiquem do lado dela para fotos’. Quando ele falou que somos do brasil, eles foram ficando perto de mim, se aproximando e se esfregando em mim. Você fica sem reação. Um dos meninos ficou passando a mão na minha bunda, em mim inteira. Eu estava atrás de um taxi, e não fiz nada. Fiquei petrificada. Eles conversando entre si na língua deles, enquanto eu estava sendo violentada por três meninos que estavam passando a mão em mim. Eu não fiz nada. Nunca falei sobre isso. Eu não sabia que isso era uma violência”.

A apresentadora também revelou que optou por não abordar mais o assunto por conta do desconforto. “Eu sabia e não tive reação. Nunca falei isso, estou falando agora [pela primeira vez]. Depois parei e refleti, mas não falei porque… Já foi. Eles fizeram isso, saíram e eu continuei fazendo as minhas fotos. Com uma cara meio constrangida, mas ninguém percebeu. Esse tipo de violência é marcante. As pessoas estão cada vez mais falando e tendo coragem de revelar. A gente não fala mais só de violência sexual tipo estupro”, completou.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode sair do site, caso não concorde. Ok Saiba mais