“A prisão de Henrique é apenas o inicio de uma teia de aranha”, diz vereador de Natal

sandro
- publicidade -

O vereador Sandro Pimentel (PSOL) protocolou moção de repúdio ao PMDB potiguar e pedido de exoneração do secretário municipal de obras, Fred Queiroz, preso durante operação da Polícia Federal na manhã desta terça, 6, na capital potiguar.
Além de Fred Queiroz, a moção também repudia os atos de corrupção cometidos pelo ex-deputado, ex-ministro e ex-presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves. Segundo o texto, os crimes de corrupção ativa e passiva, atribuído aos dois, são provenientes de superfaturamento em obras relacionadas à Copa do Mundo, em especial, da Arena das Dunas, além de propina recebida através de campanhas eleitorais.
“A prisão de Henrique é apenas o inicio de uma teia de aranha. O tempo da velha política acabou. A população está aplaudindo essa prisão. Está com nojo desse povo e espera uma limpeza moral e ética”, disse o vereador.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode sair do site, caso não concorde. Ok Saiba mais