Dois auxiliares de Fátima Bezerra anunciam saída do governo para as eleições

- publicidade -

A gestão da governadora Fátima Bezerra (PT) deve ter mais duas baixas dentro do seu secretariado nos próximos dias. Depois do ex-secretário adjunto de Turismo, Leandro Carlos Prudêncio, que teve sua exoneração dada em fevereiro passado, o controlador geral do Estado, Pedro Lopes Neto e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, anunciaram nesta quinta-feira 17, que deixarão seus postos para concorrer a um cargo nas eleições de outubro.

“Vou pedir exoneração no dia 30 de março para concorrer ao cargo de deputado federal. O Pros está fazendo uma nominata há muito tempo e meu nome estará como uma opção para os eleitores potiguares. Sou do lado da governadora, apesar de não ser do PT”, afirmou Jaime, que, apesar de ter até o dia 1º de abril para deixar o cargo, sairá antes, segundo ele, por precaução.

Já o controlador ficará até a data limite. Novato em campanhas eleitorais, ele disse que recebeu o convite para se candidatar a um cargo na Assembleia Legislativa em setembro de 2021, quando começou a dialogar com seus amigos mais próximos. E, nesta quinta-feira 17, recebeu novo convite, desta vez, pelas mãos da governadora, para se filiar e concorrer pelo PT.

“Aceitei e entrarei com muito conforto no PT, porque historicamente sou integrado e acredito nas bandeiras progressistas como meio de melhorar a vida das pessoas, no campo social e econômico. Minha missão é continuar ajudando o desenvolvimento do RN, para que os potiguares possam melhorar de vida. É para isso que vou colocar meu nome à disposição da sociedade”, afirmou Pedro.

Ele acredita que seu desempenho à frente do órgão estadual o ajudará na Assembleia. “A atividade da Controladoria tem muita relação com algumas funções do parlamento, a exemplo da fiscalização do gasto público e o exercício do controle social. Fiscalizando a despesa, conseguimos reduzir contratos e economizar dezenas de milhões de reais para os cofres públicos”, finalizou.

Além de Leandro, Jaime e Pedro, as mudanças no primeiro escalão do governo incluem ainda Carlos Eduardo Xavier (Tributação), Fernando Mineiro (Gestão de Projetos e Articulação Institucional), Samanda Alves (subsecretária de Trabalho, Habitação e Assistência Social), Júlia Arruda (Mulheres, Juventude, Igualdade Racial e Direitos Humanos) e Márcia Maia (Agência de Fomento do RN).

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode sair do site, caso não concorde. Ok Saiba mais