Operação do MPRN e PM prende integrantes de facção criminosa em Extremoz

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e a Polícia Militar deflagraram nesta segunda-feira (1º) a operação Missão Guajiru. A ação tem por objetivo prender integrantes de uma facção criminosa que atuam em Extremoz, cidade da Grande Natal. Ao todo, nove pessoas foram presas. Além de Extremoz, houve cumprimento de mandados em Natal e Macaíba.
A operação Missão Guajiru é resultado de seis meses de investigação. Os presos têm envolvimento com assassinatos, tráfico de drogas, roubo e furto de veículos e outros crimes. Durante o cumprimento dos mandados, ainda foram apreendidas cinco armas de fogo e drogas (maconha, crack e cocaína) que estavam em poder dos criminosos. Todos eles têm envolvimento com uma facção criminosa que atua dentro e fora de unidades prisionais potiguares.
Entre os presos está o traficante de drogas Francisco Nunes Filho, o Júnior Bomba, apontado como sendo um dos chefes da facção criminosa. Das cinco armas apreendidas na operação, três estavam com ele.
O nome da operação é uma referência à origem histórica da cidade de Extremoz, que quando foi fundada por jesuítas tinha o nome de Missão Guajiru.

Deixe um comentário

você pode gostar também Mais do autor