Polícias Civil e Militar prendem cinco suspeitos de homicídio e roubo em Arez

- publicidade -

Policiais civis da 6ª Delegacia Regional de Polícia de Nova Cruz e da Delegacia de Arez, em operação conjunta à Polícia Militar prenderam, na manhã desta sexta-feira (13), cinco suspeitos investigados pela prática dos crimes de: homicídio, roubo, furto, tráfico e associação para o tráfico. Todos os presos são investigados pela suspeita de integrarem uma organização criminosa atuante em todo o Rio Grande do Norte.

Foram presos em cumprimento a mandados de prisão preventiva: Victor Lima da Silva, Mateus Brito Alves e Elias da Costa Andrade. Foram presos em flagrante: Alysson Roberto da Silva, pela suspeita da prática do crime de tráfico de drogas, e Silmara Silva da Costa, pela suspeita da prática do crime de receptação. As investigações iniciaram há, aproximadamente, 04 meses.

Ao longo das diligências, foram apreendidos: um revólver calibre .38, uma motocicleta adulterada e porções de “crack”. Participaram da operação as Delegacias Municipais de: Pipa, Canguaretama, São José do Campestre, Goianinha e Nísia Floresta. Além disso, a operação também contou com o apoio da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) e de Policiais Militares do 8ª Batalhão de Polícia Militar.

Luiz Gabriel da Costa Silva, 18 anos, apontado como autor de homicídios na região, além de ser investigado por aparecer em um vídeo que circulou nas redes sociais, portando uma arma de fogo, comemorando o roubo de um veículo modelo Corola, foi atingido durante o confronto e não resistiu.

Todos os presos foram conduzidos até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Deixe um comentário