Guarda Municipal detém suspeito de perturbar e intimidar equipe médica da UPA Potengi

- publicidade -

Agentes da Ronda Saúde da Guarda Municipal do Natal (RondaS/GMN) detiveram um homem de 43 anos, suspeito de pertubação do sossego e da ordem dentro da Unidade de Pronto Atendimento do Potengi (UPA), na zona Norte de Natal. O detido é acusado de intimidar e abalar emocionalmente profissionais de saúde que atendem na UPA.


De acordo com relato de uma enfermeira vítima da ação, o detido chegou a UPA em busca de atendimento e ao passar pela triagem médica foi constatada que os sinais vitais do paciente estavam estáveis, sendo em seguida informado que o atendimento médico estava restrito, devido às urgências decorrentes de Covid-19. “A partir daí, a vítima conta que o cidadão começou a gritar com a equipe médica, dizer que não sairia dali e chegando a se jogar no chão”, contou um dos guardas.


Outro ponto relatado pela vítima é que o suspeito vem regulamente na UPA exigindo que os médicos prescrevam medicações pretendidas por ele e ao ter a exigência negada é comum, por parte do detido, intimidar com gritos a equipe médica.


O suspeito foi detido pelos guardas municipais que o conduziram, acompanhado da vítima, à Delegacia de Plantão da Zona Norte, onde foi efetivado o registro legal da ocorrência, ficando o suspeito à disposição da justiça para os procedimentos cabíveis.

Deixe um comentário