Polícia Civil fecha estabelecimentos em Natal por descumprimento de decretos

- publicidade -

APolícia Civil, em ação conjunta com a Polícia Militar, fechou cerca de 10 estabelecimentos em Natal, neste domingo (7), por descumprimento a normas referentes aos decretos estaduais recentes que regulamentam o funcionamento do comércio em todo o Rio Grande do Norte. As medidas foram adotadas como forma de enfrentamento à pandemia do coronavírus.

Na capital, as ações de fiscalização aconteceram nos bairros de Brasília Teimosa, Felipe Camarão, Rocas, Planalto, Novo Horizonte e Vale Dourado. Além disso, foram realizados trabalhos integrados com a PM e o Corpo de Bombeiros na Praia do Meio, Praia dos Artistas e na Praia de Ponta Negra. Aproximadamente 50 pessoas foram notificadas durante as ações.

Em Parnamirim, na região Metropolitana, a fiscalização ocorreu em conjunto com a Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana (Sesdem), a Secretaria Municipal de Saúde (Sesad), Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Selim) e Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Semur).

Na praia de Pirangi do Norte, os policiais civis visitaram estabelecimentos comerciais, com informações sobre as determinações contidas na legislação. Houve atividades de conscientização com motoristas que trafegavam no local, os quais tiveram os veículos desinfectados, receberam máscaras e foram orientados sobre a importância do isolamento social. O delegado Marcos Geriz, diretor de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN), acompanhou os trabalhos das equipes.

Delegacia móvel

Uma delegacia móvel foi instalada em Parnamirim para lavratura de procedimentos e evitar o deslocamento para as delegacias de plantão em Natal. Na capital, também funcionou a delegacia de plantão específica para ocorrências relacionadas à Covid-19, localizada no Complexo de Especializadas, na Av. Ayrton Senna, em Neópolis, a fim de evitar a sobrecarga nos plantões Zona Sul e Zona Norte.

“Nós estamos participando desta ação, para garantir o cumprimento das determinações contidas nos decretos estaduais. A Polícia Civil está trabalhando em conjunto com outros órgãos para preservar a vida das pessoas, para que elas não sejam contaminadas e para que os responsáveis pelos descumprimentos sejam devidamente identificados, orientados e responsabilizados”, destacou a delegada-geral Ana Cláudia Saraiva.

Deixe um comentário