Preso de justiça e sua companheira são mortos em Mossoró

- publicidade -

novembro de 2020 na Comunidade da Maísa na zona rural de Mossoró região Oeste Potiguar

O preso de justiça usando tornozeleira eletrônica Paulo Estevam Dantas, 36 anos e sua companheira Ana Cristina de Oliveira da Silva de 44 anos, natural de Fortaleza/CE, foram assassinatos  a tiros. Segundo informações repassadas pela polícia, as vítimas estavam em um espetinho, quando dois homens chegaram a pé e após sacarem as armas começaram a atirar em direção em direção ao casal.

Paulo Estevam ainda chegou a correr em direção a sua casa, mas foi perseguido e morto no meio da rua, a poucos metros de sua residência. Já sua companheira, Cristina correu e entrou em uma casa, mas também foi perseguida e morta no interior do imóvel.

Paulo Estevam era condenado por tráfico de drogas e atualmente estava cumprindo pena em regime semiaberto monitorado por tornozeleira eletrônica. O delegado de plantão DPC Luiz Antônio acompanhou o trabalho da perícia no local do crime e disse que a Polícia Civil não descarta a possibilidade do duplo homicídio está relacionado ao tráfico de drogas.

Após a perícia os corpos foram recolhidos e encaminhados ao ITEP para exames de necropsia. Mossoró já contabiliza 159 assassinatos em 2020. A Delegacia de Homicídios vai investigar o caso

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode sair do site, caso não concorde. Ok Saiba mais