Idoso de 83 anos é preso por crime sexual contra neta em Parnamirim

- publicidade -

Um idoso de 83 anos foi preso em casa nesta segunda-feira (14), em Parnamirim, na Grande Natal, por crimes sexuais cometidos em 2010 contra a neta dele, que tinha 10 anos de idade na época.

Segundo a Polícia Militar, as equipes cumpriram um mandado de prisão aberto desde julho de 2021 contra o homem. O crime não prescreveu e existia a suspeita de que ele continuava assediando outras meninas da família.

“Recebemos informações da localização dele e fomos ao local, o encontramos, e ele não reagiu. A família disse que ainda hoje ele faz algum tipo de assédio com sobrinhas e bisnetas”, disse um militar, que pediu para não ser identificado.https://b03188b12856deef418b9511b60ae5db.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

A prisão aconteceu dentro da 7ª fase da Operação Outlaws, que significa Foras-da-lei, em livre tradução para o Português, deflagrada pelo 4º Batalhão da Polícia Militar e pelo Comando Regional 3, da região Agreste. Ao todo, nove foragidos da Justiça foram detidos nesta segunda (14).

A operação foi criada diante da alta demanda de foragidos no estado. Começou na Zona Norte de Natal em junho de 2021, se estendeu pela Região Metropolitana de Natal e chegou recentemente à região Agreste potiguar. Em 10 meses, foram 136 presos recapturados. Entre os foragidos, criminosos com mandados em aberto há mais de 10 anos, estupradores, assaltantes e homicidas.

Segundo a PM, muitos se escondem em fazendas e locais de difícil acesso na vegetação da caatinga. Um foragido de Alcaçuz foi encontrado em um esconderijo no meio do mato, no sertão potiguar.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode sair do site, caso não concorde. Ok Saiba mais