Seap leva cursos profissionalizantes às internas da João Chaves

- publicidade -

Cinquenta internas do Complexo Penal Dr. João Chaves Feminino, na Zona Norte de Natal, participam de cursos de qualificação profissional numa ação promovida pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e o Senai. A Seap montou 12 turmas em unidades penais do Estado, através de um contrato com o Senai no valor de R$ 245 mil. “São oito cursos profissionalizantes. Nosso objetivo é muito claro, manter o controle do sistema e levar educação e trabalho às unidades penais”, explicou o secretário Pedro Florêncio.
A diretora do presídio, Jacinta Costa, disse que o curso teve início no último dia 21 e se estenderá até 19 de dezembro. São 160 horas aula com atividades teóricas e práticas. “A aceitação foi muito positiva. Aqui estamos com os cursos de padeira e costureira”, falou.
A instrutora do Senai, Nayara Oliveira, que ministra o curso de panificação, explicou que as internas estão sendo capacitadas a fazer pães, biscoitos, bolos e salgados. Para viabilizar as aulas, o Senai levou vários equipamentos ao presídio, como um forno industrial, e uma unidade móvel para o curso de Costureira.
A interna Daniele Pereira, que participa do curso de panificação, disse que está “agarrando a oportunidade com muito empenho”. “É uma chance de sair daqui ressocializada, com uma atividade e quem sabe até empreender”, contou. Todas as atividades são supervisionadas por uma equipe de agentes penitenciários, que cuidam de toda rotina de segurança. “Nós percebemos o compromisso das internas e dos agentes penitenciários com essa oportunidade de ressocialização”, observou Jacinta Costa. A João Chaves Feminina abriga atualmente 131 internas em regime fechado.

Deixe um comentário