Hospital de Campanha de Parnamirim deve abrir suas portas na próxima semana

- publicidade -

Parnamirim segue no processo de implantação de seu Hospital de Campanha, que vai utilizar o espaço físico do Centro Especializado em Reabilitação (CER). A unidade está sendo estruturada para atender pacientes com o quadro de COVID-19 em um sistema de retaguarda para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Esperança, Hospital Maternidade do Divino Amor e Hospital Márcio Marinho, em Pirangi. 
 
O CER, localizado em Vida Nova, vai ceder sua estrutura para o funcionamento do hospital, que deverá dar suporte à rede de saúde. De acordo com a Sesad, a previsão de abertura do local é até o final da próxima semana. A Secretária Terezinha Rêgo disse que a abertura ainda não pôde acontecer devido a atrasos dos fornecedores na entrega dos materiais já adquiridos. “Até o final desta semana, esperamos receber o material dos fornecedores, e finalizar a parte de estrutura e recursos humanos. Assim esperamos estar funcionando até o final da próxima semana”, disse. 

De acordo com a Sesad, o Hospital de Campanha contará com uma equipe composta por médicos internistas, infectologistas, plantonistas a cada 12 horas e enfermeiros. Técnicos de enfermagem, também a cada a cada 12 horas, fisioterapeutas, funcionários de limpeza e duas secretárias também atuarão na unidade, além de profissionais com serviços de assistência social, psicologia, bioquímicos, recepcionistas, enfermeiros e técnicos. O hospital de campanha terá 41 leitos de internação e 1 de estabilização. Ambos darão apoio aos pacientes com o quadro de COVID-19, com sintomas leves. 

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode sair do site, caso não concorde. Ok Saiba mais