Hospital de Campanha de Parnamirim deve abrir suas portas na próxima semana

- publicidade -

Parnamirim segue no processo de implantação de seu Hospital de Campanha, que vai utilizar o espaço físico do Centro Especializado em Reabilitação (CER). A unidade está sendo estruturada para atender pacientes com o quadro de COVID-19 em um sistema de retaguarda para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Esperança, Hospital Maternidade do Divino Amor e Hospital Márcio Marinho, em Pirangi. 
 
O CER, localizado em Vida Nova, vai ceder sua estrutura para o funcionamento do hospital, que deverá dar suporte à rede de saúde. De acordo com a Sesad, a previsão de abertura do local é até o final da próxima semana. A Secretária Terezinha Rêgo disse que a abertura ainda não pôde acontecer devido a atrasos dos fornecedores na entrega dos materiais já adquiridos. “Até o final desta semana, esperamos receber o material dos fornecedores, e finalizar a parte de estrutura e recursos humanos. Assim esperamos estar funcionando até o final da próxima semana”, disse. 

De acordo com a Sesad, o Hospital de Campanha contará com uma equipe composta por médicos internistas, infectologistas, plantonistas a cada 12 horas e enfermeiros. Técnicos de enfermagem, também a cada a cada 12 horas, fisioterapeutas, funcionários de limpeza e duas secretárias também atuarão na unidade, além de profissionais com serviços de assistência social, psicologia, bioquímicos, recepcionistas, enfermeiros e técnicos. O hospital de campanha terá 41 leitos de internação e 1 de estabilização. Ambos darão apoio aos pacientes com o quadro de COVID-19, com sintomas leves. 

Deixe um comentário