George Soares contraria partido e apoiará a Rafael Motta para o Senado

- publicidade -

O deputado estadual George Soares (PV) disse nesta terça-feira (21) que deverá apoiar Rafael Motta (PSB) para o Senado, contrariando a decisão do partido, que decidiu no sábado (19) fechar apoio a Carlos Eduardo Alves (PDT).

Em entrevista ao Blog do Barreto, George afirmou que deverá tomar um rumo diferente do partido por causa da disputa local em Assu – no município, o grupo político adversário de George Soares esteve com Carlos Eduardo na eleição de 2020.

“A gente vai respeitar a decisão, mas vamos seguir a decisão de Assu. Nós temos um compromisso com Rafael Motta, que estava na campanha de Gustavo e tem destinado emendas. Mas não temos nada decidido”, garantiu. “Carlos Eduardo apoiou Ivan Júnior e essa é a nossa dificuldade”, completou.

George explicou que ao trocar o PL pelo PV ficou acertado que os compromissos prévios dos deputados que estavam indo para a sigla seriam respeitados. “Antes de a gente ir ficou combinado que os compromissos acertados na pré-campanha seriam respeitados”, frisou. “Vamos ter que fazer um ajuste por causa da questão local”, acrescentou.

George disse que foi pego de surpresa com a reunião do sábado que deliberou, por 12 votos a 10, o apoio a Carlos Eduardo. “Eles marcaram essa reunião no sábado e estava todo mundo em agenda no interior”, disse.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode sair do site, caso não concorde. Ok Saiba mais