Polícia Federal extradita cidadão português preso no RN

- publicidade -

A Polícia Federal, por meio da representação regional da Interpol no Rio Grande do Norte, executou na noite da última terça-feira, 31/5, a extradição de um cidadão português, 64 anos, que havia sido preso em setembro de 2021, em Parnamirim, na Grande Natal. A ordem judicial foi expedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O pedido de extradição foi formulado pelo governo de Portugal, onde o estrangeiro foi condenado a cumprir a pena de 8 anos de prisão pelo crime de extorsão praticado entre os anos de 2007 e 2009.

O extraditado desde a sua prisão se encontrava custodiado no presídio estadual Dr. Francisco Nogueira Fernandes (Alcaçuz). Ele seguiu escoltado pela PF até o Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante/RN, quando foi entregue aos policiais portugueses encarregados da sua condução até Lisboa.

Nos últimos 15 meses, a Polícia Federal localizou e prendeu no Rio Grande do Norte, um total de quatro estrangeiros que eram procurados pela Interpol para fins de extradição.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode sair do site, caso não concorde. Ok Saiba mais