Vistoria do transporte escolar na capital Potiguar vai até o dia 31 de julho

Os veículos que atuam no transporte escolar em Natal têm até dia 31 de julho para passarem pela vistoria semestral da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU). Até agora, dos 310 veículos que atuam nessa atividade, cerca de 250 já passaram pela verificação para continuarem prestando os erviço. renovar a licença de operação, de acordo com o diretor de Fiscalização e Vistoria do órgão, Rogério Leite.

Essa vistoria é feita a cada seis meses, sempre de 8h às 14h. Segundo Rogério leite, apesar de serem 310 vans cadastradas, restam apenas 50 fazer a vistoria. Essa diferença se deve ao fato de alguns veículos estarem parados. O principal objetivo desse trabalho é garantir a segurança das crianças e adolescentes que usam esse transporte ara chegar à escola.

Além de itens mecânicos como a situação do motor e dos freios, são vistoriados os quesitos de segurança de cada veículo, tais quais a existência de cinto de segurança em todos os assentos, presença de extintor dentro do prazo de validade, além da existência de tacógrafo.

De acordo com o presidente da Cooperativa dos Donos de Transporte Escolar, Henrique Dantas, essa vistoria é muito importante. “Se não houver fiscalização, o clandestino vai crescer cada vez mais”.

Os especialistas ainda alertam para que os pais verifiquem a procedência do transporte antes de contratar o serviço, já que é comum que isso seja feito por telefone. As vans legalizadas devem trazer sempre a logomarca da prefeitura na porta do veículo.

Pais podem pedir alvará de tráfego dos veículos que fazem transporte escolar em Natal

Os responsáveis ainda podem pedir a apresentação do alvará de tráfego, que é entregue a cada seis meses após a aprovação na vistoria. Além dos veículos, os motoristas precisam apresentar documentação, comprovando que estão em dia com o curso de formação.

No curso são ensinados princípios de segurança e direção, específicos para esse tipo de transporte. Os condutores aprendem também fundamentos de primeiros socorros. Somente este ano, a STTU já flagrou 56 vans transportando estudantes de forma irregular.

Deixe um comentário

você pode gostar também Mais do autor