Idema inicia cercamento do Parque Estadual Mata da Pipa

- publicidade -

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), inicia nesta quarta-feira (7), a colocação de cercas em todo o perímetro do Parque Estadual Mata da Pipa, que compreende 11,3 km, e está localizado no município de Tibau do Sul. A medida atende a uma determinação judicial e visa a preservação da área com remanescentes de Mata Atlântica. O serviço será realizado pela empresa ganhadora de licitação, sob supervisão do IDEMA e acompanhado pela Polícia Ambiental.

As cercas são de concreto e a distância entre elas será de 3 metros. Os fios são de arame roliço e com espaçamento adequado para impedir o acesso à área interna do parque e preservar a vida dos animais que vivem naquela área. “Esse serviço é de fundamental importância para a preservação do PEMP. Elaboramos um projeto e estamos colocando cercas resistentes, com 11 fios de arame roliço para preservar a integridade física dos animais que habitam ou circulam pela região”, ressaltou Abelardo Alves, engenheiro civil.

No último dia 26 de maio, o IDEMA se reuniu, em Tibau do Sul, com a comunidade local, Prefeitura de Tibau, representantes da Câmara Municipal e Conselho Gestor para comunicar do cumprimento da decisão judicial e do início do cercamento do PEMP. “Mantemos um diálogo com a comunidade para comunicar do início das obras do PEMP e convocá-la para ser parceira do IDEMA nessa ação que visa proteger essa importante reserva ambiental.”

A obra tem recursos próprios do IDEMA, no valor de R$ 655.447,29 (Seiscentos e cinquenta e cinco mil, quatrocentos e quarenta e sete reais e vinte nove centavos) e terá início no trecho próximo a Sibaúma devendo durar aproximadamente 90 dias. Famoso mundialmente pelas belezas da Praia de Pipa – cartão postal potiguar, o Parque Estadual Mata da Pipa (PEMP) foi criado através do Decreto Estadual nº 19.341 de 12 de Setembro de 2006, a partir da transformação de uma parcela territorial da Área de Proteção Ambiental Bonfim-Guaraíra.

O PEMP tem como principal objetivo a preservação da Mata Atlântica remanescente na área, dotada de grande relevância ecológica, além de possibilitar a realização de pesquisas científicas, incentivar atividades de educação e interpretação ambiental e turismo ecológico, oferecendo à comunidade, alternativas de espaço para recreação.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode sair do site, caso não concorde. Ok Saiba mais